sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

   Vasco doente, João doente, eu doente! Safa-se o Guilherme e a minha mãe, graças de Deus! Esta noite passada foi para esquecer, o João vomitou o que tinha e o que não tinha no estômago! O Vasco há três dias sem ir à escola com febre e uma tosse chatinha! Eu a ir dar hoje  a primeira aula mas logo de seguida pedir desculpa aos meninos e regressar a casa mais murcha que uma alface ressequida!
   Estou esmorecida, quando estou doente parece que tenho um camião TIR em cima de mim, não me apetece fazer nada, queria enfiar-me num buraquinho e lá ficar muito sossegadinha sem ninguém dar por mim! Mas não posso! A palavra Mãe é pronunciada "n" vezes durante o dia e a noite, tenho que estar alerta, em sentido, deixem-me em paz um bocadinho bolas... OH Mãe!!!!!!!!!!!!! o Gui utiliza a palavra até à exaustão... não estou, saí a cavalo! .. Aproxima-se um grande fim de semana, é muita gente a depender de mim... é nestas alturas que sinto uma certa solidão! Mas... tomo um brufen, o meu corpo arrebita e ganho coragem para mais uma investida nesta aventura que é a de tomar conta de 3 rapazes e uma mãe que já conheceu melhores dias!

2 comentários:

  1. Manda-os para cá, que a gente toma conta.
    As melhoras.

    ResponderEliminar
  2. Obrigada Zé! Vocês tem também uma tarefa bem jeitosa! Beijinhos

    ResponderEliminar