quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

Silveira - 2 de Fevereiro

       O meu primeiro banho de Fevereiro: dia primaveril, chegou a aquecer q.b., o sol sempre a brilhar, quase nenhumas nuvens no céu, estado do tempo muito invulgar nesta terra; em contrapartida a água do mar muito fria deixou-me um pouco sem fôlego e de pele arrepiada! Que sensação magnífica tanto mar e não pensar em mais nada senão naquele momento!

   Alguns pescadores, um cão muito grande eram os ocupantes do cais; quando se preparavam para guardar as canas a fim de se irem embora um deles (uma mulher) disse:"vou lançar novamente, pode ser que apanhe um bodião!" ... e não é que ao fim de 1 minuto, não mais do que isso, apanhou um e bem jeitoso?!





Sem comentários:

Enviar um comentário