sábado, 28 de dezembro de 2013

A viagem II

6º Dia - Fall River/ Providence - 27 de Dezembro de 2013


O dia foi reservado a conhecer estas duas cidades, uma tão aportuguesada e a outra um pouco mais requintada mas com influências portuguesas também! A segunda mais urbana e cosmopolita mas não excessivamente grande com maior harmonia entre o centro da cidade e a periferia. Verdadeiramente bonita! A primeira um pouco banal, insípida  e sem graça apesar de ter alguns edifícios bonitos, uns um pouco fora de escala; Fall River parece ser ela própria  periferia de outra cidade qualquer.


                                     FAll RIVER








PROVIDENCE




















7º Dia - Dia 28 de Dezembro de 2013 - New Bedford / Newport

A expectativa de conhecer a cidade era grande e portanto algo apreensiva que me desiludisse com o que conseguiria apreender da cidade; instintivamente dirigimo-nos para o mar, depois de definimos a área da baixa da cidade que não é muito extensa; facilmente descobrimos a zona mais antiga do porto com as referências todas à pesca da baleia e  pela zona contigua ao porto há várias tabuletas e informações em placas sobre a história da pesca naquele porto; a cidade pareceu-nos um pouco pesada apesar da zona residencial perto da baixa ter muita graça. 










































   No final da manhã partimos para Newport, indo por caminhos secundários, queriamos muito descobrir onde ficava afinal essa praia do Pescoço do Cavalo. Fomos por caminhos campestres muito bonitos e conseguimos lá chegar. Nessa praia vimos imensos surfistas a fazerem kitesurf, um frio e um vento enormes e eles, firmes e hirtos nas suas pranchas a enfrentarem as ondas e o vento. Arrancamos para Newport no inicio da tarde, um sol radioso recebeu-nos nesta pequena cidade costeira, muito airosa com uma arquitectura muito colonial a lembrar um pouco as casas campestres de Inglaterra. Nessa tarde de sábado estava repleta de visitantes. Almoçamos num simpático pub com um empregado excessivamente simpático que arrastava os pés e era absolutamente trabalhão. 

   Uma menção para os dois moteis onde ficamos em New Bedford e NewPort: absolutamente horríveis, falhei absolutamente nesse domínio!







































Sem comentários:

Enviar um comentário