segunda-feira, 26 de setembro de 2016

O amigo lambe cus


   Os amigos lambe cus são como qualquer outro lambe cu mas em amigo. São  os  açucarados que, por mais asneiras que se faça nas nossas vidas e nos comportemos como uns perfeitos idiotas, nos dizem que procedemos bem e que nos incitam a continuar. São os amigos que escondem as nossas próprias misérias com receio de que nós ainda não as tenhamos descoberto. São aqueles que passam a outro a inconveniência de dizer que agimos mal porque não querem que a amizade que os une a nós sofra alguma beliscadura. Dá-nos jeito tê-los quando  não conseguimos levantar a cabeça com o peso da merda que fizemos. São o alívio da nossa consciência. É para eles que corremos quando damos cabo da boneca da outra menina e gritamos " Foi ela que começou!" certos que , em vez de nos darem um açoite, nos dizem " não chores pequenita, a outra menina foi má, só teve o que mereceu! "
   Os amigos lambe cus são sempre muito nossos amigos e vivem a nossa vida como se fosse a sua própria, pensam como nós, agem como nós, são sempre os primeiros, fazem questão de serem sempre os primeiros em tudo. Os amigos lambe cus lutam entre si a ver quem lambe melhor.
   Por egoísmo, por medo de nos perderem, por inexistência de coluna, por preguiça, porque não se querem maçam, porque estão tão interessados em nós como o cão pela pulga, porque gostam que deles digam que são os amigos mais maravilhosos do mundo e isso lhes afaga o ego! Alimentam-se de nós mas não nos dão nada em troca a não ser lisonja e  bajulação. E no entanto, aos olhos dos outros defendem-nos do mundo cruel e batem-se por nós.

 Lambem-nos o cu até fazer ferida! Que não sara!


   

1 comentário:

  1. O MEC tem um texto assim.
    Mas o que o l. c. quer mesmo é molhar o bico.

    ResponderEliminar