segunda-feira, 22 de setembro de 2014

   Hoje tive um sonho muito estranho, sonhei com aquele palanque absurdo à frente da câmara municipal, aquele que serve, ostensivamente, para complicar a vida de quem vive na cidade. Aquele tal que serve para coisa alguma, esse mesmo. Pois sonhei que havia um tractor seguido de outros, uma procissão de quatro ou cinco tractores daqueles com caixas abertas de grande capacidade; iam a umas quantas explorações agricolas e pecuárias e vinham de lá com um mega presente que depositaram no topo do palanque. Sei que o sonho se tornou muito confuso a partir daí, muita gente a correr em todas as direções, alguém dizia, tirem-me isto daqui que não se pode, outro chamou os bombeiros que vieram com as mangueiras e confusos a pensar que era fogo alastraram a coisa...entretanto acordei e fiquei sem saber o desenlace!

Sem comentários:

Enviar um comentário